quinta-feira, 6 de maio de 2010

PASSAGEM






SENSIBILIZADA PELO ASPECTO RURAL-COSMOPOLITA DA CIDADE DE UBERLÂNDIA COMECEI A ACREDITAR QUE MORO NUM LUGAR ONDE AS PESSOAS NÃO GOSTAM DE ÁRVORES. TABAJARAS: CURIOSAMENTE O NOME DO BAIRRO TEM ORIGEM INDÍGENA ENQUANTO QUE AS RUAS SÃO CHAMADAS POR NOMES DE ALGUNS ESCRITORES DA LITERATURA OU REPRESENTANTES DA HISTÓRIA DO BRASIL. ANDANDO PELAS RUAS PODEMOS ENCONTRAR VÁRIOS QUARTEIRÕES INTEIROS SEM NENHUMA SOMBRA FRESCA. AS POUCAS ÁRVORES QUE RESTAM NA PAISAGEM SECA DO BAIRRO VÊM SENDO DESTRUÍDAS COM FREQÜÊNCIA NOS ÚLTIMOS 3 MESES. AS ÁRVORES ESTÃO APENAS DE PASSAGEM NA MEMÓRIA DOS UBERLANDENSES?