domingo, 21 de dezembro de 2014

regras da rede

"O artista que entra ou que é levado a entrar na rede é levado a aceitar as regras para lá permanecer. Quer dizer, renovar-se e individualizar-se permanentemente, sob pena de desaparecer no movimento perpetual de nominação que mantém a rede à tona."


ANNE CAUQUELIN , A Arte Contemporânea. 1992, P.65